quarta-feira, 5 de maio de 2010

Fantasia, quem sabe um dia se torne realidade

Quem não sonha com um mundo só seu?
Um mundo em que o sol é a lua, e a lua é sol ?
Um mundo em que tudo é certo, tudo é alegre, não a sofrimento, nem dor, não há morte, todos vivem sempre felizes,
quando um parente ou amigo se vai, ele nunca se vai para sempre, amanhã, ele já renasce, com um sorriso ainda mais belo.
Um mundo que você pudesse dizer para todos que os amam, sem falsidade e sem medo da reação. Sem medo de não ser feliz.
Em que todos pudéssemos voar, bem alto. E ver a cidade inteira lá de cima, sentindo o vento nos cabelos. Poder até tocar na lua, e comer um pedaço de queijo.
Poder entender o que os animais falam, e também sentir a chuva molhada, a chuva relaxante sem medo algum, poder abrir a boca e beber da própria água que acabou de cair do céu.
Um mundo totalmente inovador, como cada um quisesse, e sem nada, que nos prendesse, poderíamos ser livre e felizes até quando quiséssemos, até que (se) um dia cansássemos, nos transformaríamos em radiantes borboletas e pousaríamos no nariz de mais uma criança feliz, a fazendo rir. E assim, ela acordaria de um sonho em que seu mundo era perfeito, algo que o próprio ser humano, impede de acontecer.

5 comentários:

Camila Sato. disse...

adorei o texto, hihi
beijos

Buba. disse...

Eu sonho mundo. Sonho mais do que respiro. Faz bem, sabia.

Luiza disse...

Sonho todos os dias para que meu mundo fique assim... colorido e leve, leve

H. Steiner' disse...

é bom termos o nosso mundo mágico.
só passa a ser algo ruim quando esquecemos de viver :)

Julia disse...

com certeza, agnt tem q saber dividir os 2 mundos, mas que o do sonho é melhor é :DD